Washington impõe novas sanções a Pyongyang

WASHINGTON, DC - MARCH 01: U.S. President Donald Trump participates in a meeting with leaders of the steel industry at the White House March 1, 2018 in Washington, DC. Trump announced planned tariffs on imported steel and aluminum during the meeting, with details to be released at a later date. (Photo by Win McNamee/Getty Images)

O novo pacote de medidas de penalização é justificado pelo governo norte-americano pela utilização, por parte da Coreia do Norte, de uma arma química no assassinato de Kim Jong-nam. O anúncio das novas sanções foi tornado público um dia depois das duas Coreias terem agendado a realização de uma cimeira para o início de Abril.

O Governo norte-americano anunciou esta quarta-feira a imposição de um novo pacote de sanções contra Pyongyang para punir a utilização, por parte do regime norte-coreano, de uma arma química no assassinato de Kim Jong-nam. O meio irmão de Kim Jong-un foi morte a 13 de Fevereiro de 2017 no Aeroporto Internacional de Kuala Lumpur, quando se preparava para viajar para Macau.
A natureza das novas sanções não foi especificada, mas juntam-se ao rol das inúmeras medidas de penalização anunciadas ao longo dos últimos meses. As sanções foram dadas a conhecer na sequência do fim da investigação sobre o assasinato de Kim Jong-nam, a 22 de Fevereiro e um dia depois das autoridades de Seul e de Pyongyang terem anunciado a realização, em Abril, de uma cimeira conjunta.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.