Seul pondera suspender algumas sanções contra Pyongyang

Em causa está a suspensão de algumas das sanções impostas à Coreia do Norte em 2010, na sequência do ataque desferido contra o navio Cheonan. A medida é pouco mais que simbólica, dado que a retoma de projectos de natureza económica está, sobretudo, dependente do levantamento das sanções por parte de Washington.

A Ministra dos Negócios Estrangeiros sul-coreana afirmou esta quarta-feira que Seul está a ponderar suspender algumas das sanções unilaterais contra Pyongyang, para fortalecer a diplomacia e contribuir para o desarmamento nuclear.

Kang Kyung-wha disse a deputados do hemiciclo sul-coreano que o Governo está “a rever” se vai suspender algumas das sanções impostas em 2010 à Coreia do Norte, na sequência do ataque ao navio Cheonan, que causou a morte de 45 marinheiros sul-coreanos.

A concretizar-se a suspensão de sanções, esta seria uma medida sobretudo simbólica, uma vez que é muito difícil para Seul retomar projectos económicos conjuntos com o Norte decido às sanções internacionais lideradas pelos Estados Unidos da América.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.