Covid-19. Reino Unido tenciona vacinar apenas parte da população

O programa de vacinação contra a Covid-19 no Reino Unido vai ser direccionado, se possível, para pessoas idosas e para os profissionais que a actuam em áreas consideradas de risco, e não para toda a população. A informação foi avançada pela coordenadora do grupo de trabalho sobre o tema.

Kate Bingham, nomeada pelo governo como presidente do grupo de trabalho responsável pela vacinação contra o novo coronavírus, afirmou ao jornal Financial Times que um programa de vacinação geral da população “não vai acontecer”: “Precisamos apenas de vacinar todas as pessoas de risco”, explicou numa conferência de imprensa no domingo.

“Estão a falar sobre o ‘tempo que vai demorar para vacinar toda a população’, mas isto é um equivocado. Não haverá vacinação de menores de 18 anos. É uma vacina apenas para adultos, para pessoas com mais de 50 anos, com foco particular em profissionais de saúde e trabalhadores de lares e casas de repouso, bem como de pacientes tidos como mais vulneráveis”, disse.

O Reino Unido superou no domingo a marca de 500 mil casos do novo coronavírus, com mais de 42.000 mortes.

Assim como outros países europeus, o Reino Unido regista um aumento do número de contágios, o que provocou a retomada de algumas restrições e aumenta o interesse por uma vacina.

O governo britânico já encomendou dezenas de milhões de vacinas de vários programas, como o liderado pela Universidade de Oxford e o laboratório AstraZeneca, sem ter a certeza se a vacina desenvolvida pelas duas organizações é ou não bem sucedida.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.