Iranianos tentaram entrar em Macau com passaportes falsos

Fotografia: Ou Mun Tin Toi/TDM

A Polícia de Segurança Pública anunciou esta segunda-feira a detenção de seis cidadãos de nacionalidade iraniana. Os detidos – três homens e três mulheres – foram presos no Aeroporto Internacional de Macau quando tentavam entrar no território com passaportes falsos, noticiou a emissora em língua chinesa da Rádio Macau.

As detenções ocorreram no sábado à noite. Os seis detidos, que aterraram na RAEM em voos provenientes de Kuala Lumpur e de Pequim, tentaram entra no território com passaportes electrónicos da Suécia, de Israel, de Itália e de Espanha. Os funcionários dos Serviços de Migração da Polícia de Segurança Pública identificaram discrepâncias nos documentos de identificação e os seis suspeitos foram conduzidos à esquadra para interrogatório.

De acordo com a Ou Mun Tin Toi, os detidos terão confessado que tinham pago entre oito a nove mil euros por cada um dos passaportes falsos e que estariam a utilizar Macau como ponto de passagem para voar para a Europa, onde tencionavam entrar ilegalmente. O grupo terá chegado ao território com a ajuda de intermediários. Os seis detidos deverão ter que responder judicialmente pelo crime de falsificação de documentos. O caso foi transferido para o Ministério Público para novas averiguações.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.