Macau. Governo não descarta hospital de campanha em caso de novo surto

O Inverno está à porta e com ele a possibilidade do território ser afectado por um eventual novo surto de Covid-19. O Governo quer acautelar a hipótese e adiantou esta segunda-feira, durante a habitual conferência de imprensa de acompanhamento do panorama epidémico, que se prepara para lançar uma série de medidas de prevenção perante a inevitabilidade de uma queda acentuada da temperaturas.

O Governo admitiu que pode vir a instalar um hospital de campanha. A medida junta-se ao reforço, já em curso, da capacidade de realização de novos testes.

Em conferência de imprensa, Alvis Lo Iek Long, médico e representante da Direcção dos Serviços de Saúde, explicou que o Governo tem actualmente capacidade para efectuar 30 mil testes diários de despistagem do novo coronavírus. O responsável garantiu, no entanto, que caso seja necessário, o Governo tem capacidade para realizar um número maior de testes: “Podemos continuar a aumentar esta capacidade de forma a conseguirmos conduzir mais testes”, garantiu Alvis Lo.

A Direcção dos Serviços de Saúde anunciou ainda, nesta segunda-feira, um reforço do número de camas hospitalares disponíveis para quarentenas, bem como o reforço da formação a que está sujeito o pessoal médico no Centro Hospitalar Conde de São Januário: “Antes, tínhamos 232 camas e aumentámos para 266. Temos uma previsão se for necessário criar um outro hospital para instalar doentes, podemos aumentar o número de camas para quinhentos”, explicou Alvis Lo Iek Long, citado pela Rádio Macau.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.