Novo parque urbano nasce em terrenos desaproveitados da Taipa

O Governo vai converter quatro lotes de terrenos desaproveitados da ilha da Taipa para a construção de um novo parque com 19 mil metros quadrados. O Instituto para os Assuntos Municipais (IAM) propõe-se dotar o novo espaço de uma componente ecológica, ao utilizar pneus reciclados “como elemento de concepção” a conectar as diversas valências do parque.

Os pneus vão ser um elemento preponderante na ligação “entre os espaços Paraíso de Pneus, Relvado para Pais e Filhos, Colina da Alegria, Mundo de Água e Areia, Área de Skate, Campo da Alegria, Pista de Corrida e Pista de Patinetes Infantil ao redor do parque, entre outras áreas funcionais”, escreve o Instituto para os Assuntos Municipais (IAM) num comunicado.

O espaço que vai ser alvo de intervenção está localizado no centro da ilha da Taipa. A criação do novo parque, ainda sem início ou conclusão definida, passa por aproveitar terrenos até agora desaproveitados, mas fundamentalmente para promover a conservação ambiental, através de “pneus reciclados que não se estejam a degradar e que apresentem boa aparência, procedendo à limpeza, desinfecção, remoção de objectos diversos, polimento e perfuração na parte inferior dos pneus para evitar a acumulação de água”, explica o Instituto para os Assuntos Municipais.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.