“Caça ao cigarro” registou mais de dois milhões de inspecções em oito anos

Agentes do Governo conduziram mais de dois milhões de inspecções que culminaram em mais de 55 mil acusações nos últimos oito anos, no âmbito da Lei de Prevenção e Controlo do Tabagismo, informaram esta segunda-feira os Serviços de Saúde.

Entre 1 de Janeiro de 2012 e 31 de Dezembro de 2019, as autoridades promoveram um total de 2.294.118 inspeções (uma média diária de 785) e registaram 55.649 acusações.

Já em relação a 2019, a esmagadora maioria das infracções foi cometida por homens (97 por cento), segundo os dados do organismo liderado por Lei Chin Ion.

Desde o dia 1 de Janeiro de 2019 é totalmente proibido fumar em todos os recintos públicos fechados, excepto nas salas autorizadas e que foram criadas no aeroporto internacional de Macau e nos casinos do território.

Desde então, as autoridades autorizaram 642 salas de fumo distribuídas por 34 casinos.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.