Fórmula 3. Sophia Florsch sem lesões significativas, adianta von Habsburg

A revelação foi feita pelo piloto austríaco durante uma breve entrevista na zona das pit e compensa a falta de informações oficiais. A edição de 2018 da Taça do Mundo de Fórmula 3 foi entretanto reatada. O embate terá deixado pelo menos três comissários de pista feridos.

A jovem piloto alemã Sophia Florsch, que esteve envolvida esta tarde num violento acidente na Curva do Lisboa quando se cumpria apenas a segunda volta da edição de 2018 da Taça do Mundo de Fórmula 3, não terá sofrido lesões significativas na sequência do embate.

A informação foi avançado numa breve entrevista pelo piloto austríaco Ferdinand von Habsburg durante o longo período em que a corrida permaneceu suspensa. O herdeiro do trono dos Habsburgos disse, numa entrevista na zona das pit, que a jovem piloto, de apenas 17 anos, não sofreu ferimentos significativos, mas a Comissão Organizadora do Grande Prémio de Macau ainda não avançou com informações oficiais quer em relação à condição física de Florsch, quer à amplitude do despiste. O Dallara Mercedes da piloto germânica descolou do asfalto na fase final da recta do Lisboa, sobrevoou o muro de protecção, embateu numa cabine onde supostamente se encontraria um operador de câmera e caiu num local onde estavam concentrados vários comissários de pista. Informações não confirmadas pela Comissão Organizadora do Grande Prémio dão conta de pelo menos três comissários feridos.

 

 

A edição de 2018 da Taça do Mundo de Fórmula 3 foi, entretanto, reatada. Numa altura em que ainda faltavam cumprir onze voltas ao Circuito da Guia, a prova era liderada pelo britânico Daniel Ticktum, seguido pelo franco-argentino Sacha Fenestraz e pelo sueco Joel Eriksson.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.