Moçambique é o país parceiro da MIF 2018

O anúncio foi hoje feito pelo Instituto de Promoção do Comércio e do Investimento de Macau. Na semana passada, uma comitiva do organismo deslocou-se a Maputo, tendo estado reunida com o primeiro-ministro moçambicano, Carlos Agostinho do Rosário.

Está escolhido o nome do “país parceiro” da 23.ª edição da Feira Internacional de Macau. O anúncio foi esta segunda-feira feito pelo Instituto de Promoção do Comércio e do Investimento (IPIM) e a escolha recaiu sobre Moçambique.

A próxima edição do principal certame de natureza comercial do território decorre de 18 a 20 de Outubro e vai centrar-se nas vantagens de Macau como plataforma de serviços para a cooperação internacional entre a China e os Países de Língua Portuguesa, indicou o IPIM em comunicado.

Para promover o certame e fortalecer o intercâmbio cultural entre os dois países, representantes do IPIM visitaram, na semana passada, o país da costa oriental africana, tendo sido recebidos pelo primeiro-ministro, Carlos Agostinho do Rosário.

Durante os encontros que manteve com a delegação do território, o governante moçambicano manifestou interesse em desenvolver, através de Macau, os mercados da China e dos países lusófonos para atrair um maior número de empresas interessadas em investir no país.

A MIF realiza-se anualmente em Outubro e tem como objetivo reforçar a cooperação e o intercâmbio comerciais. Ao mesmo tempo, deverá decorrer uma vez mais a Exposição de Produtos e Serviços dos Países de Língua Portuguesa (PLPEX),

Na edição passada, que teve como “país parceiro” Angola, a MIF recebeu mais de 50 países e regiões, bem como mais de um milhar de empresas e outras organizações.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.