O Vermelho e o Negro. Praias de Coloane ainda sob ameaça

Arquivo

A misteriosa “substância negra” que levou à interdição das praias de Cheoc Van e Hac Sa poderá tratar-se de combustíveis, adiantaram esta tarde a DSAMA e o IACM. A substância já não é detectada desde ontem, mas hoje os dois organismos identificaram indícios do fenómeno conhecido como “maré vermelha”.

A prática de actividades náuticas, como a natação ou desportos como a vela e a canoagem continua a ser desaconselhada no litoral de Hac Sa e de Cheoc Van, depois da Direcção dos Serviços de Assuntos Marítimos e de Água (DSAMA) e do Instituto para os Assuntos Cívicos e Municipais (IACM) terem identificado indícios ligeiros do fenómeno conhecido como “maré vermelha” em ambas as praias.

Num comunicado conjunto, os dois organismos esclareceram que ao longo dos dois últimos dias não foi detectada a misteriosa “substância negra” que levou à interdição dos areais de Hac Sa e de Cheoc Van no início da semana.

A DSAMA e o IACM informam ainda que os resultados das análises conduzidas indicam que “é provável que as substâncias pretas [detectadas nas praias de Coloane] sejam combustíveis”, lê-se no comunicado conjunto hoje emitido por ambos os organismos.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.