Trabalhador filipino preso por roubo

O alegado roubo ocorreu numa ourivesaria da Rua de Xangai, na zona do NAPE.

O suspeito, um homem de 30 anos, fez-se passar por um cliente numa joalharia da Rua de Xangai, no NAPE. Depois de se ter fingido interessado na aquisição de duas peças de ouro, o homem terá fugido com dois colares no valor de 12 427 dólares norte-americanos.

Um trabalhador de nacionalidade filipina foi detido no final da semana passada, depois de ter alegadamente roubado dois fios de ouro no valor de mais de dez mil dólares norte-americanos. O roubo ocorreu na sexta-feira, numa joalharia da Rua de Xangai, no NAPE.
O suspeito, de 30 anos, fez-se passar por um cliente, tendo-se mostrado interessado na aquisição de duas peças, indicou o jornal Ou Mun Iat Pou.
O arguido terá pedido para dar uma vista de olhos a duas peças, tendo pedido depois para ver um terceiro colar. Quando o vendedor se ausentou para ir buscar a peça, o suspeito agarrou os dois restantes objectos e fugiu. Estupefacto, o vendedor procurou impedir o roubo e desatou a correr atrás do larápio.
O furto só não se consumou porque os dois homens acabaram por ser detidos por agentes das forças de segurança que se encontravam a patrulhar a zona, mas um dos homens acabaou por resistir à detenção e por agredir um dos agentes.
Depois de revistar o agressor, os agentes da autoridade encontraram os dois colares roubados no bolso do suspeito. O homem justificou o furto com o facto de necessitar de dinheiro com urgência para ajudar um familiar que teria adoecido repentinamente. O trabalhador migrante acabou por ser detido sob suspeita de roubo. O caso foi entregue ao Ministério Público para investigação.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.