Indonésia vai comprar vacinas à Pfizer e à AstraZeneca

A Indonésia está a preparar-se para adquirir vacinas contra o coronavírus da Pfizer e da AstraZeneca, disse o ministro da Saúde nesta terça-feira, enquanto aguarda uma autorização para iniciar o seu programa de inoculação com a chinesa Sinovac.

Budi Gunadi Sadikin disse que um acordo, no valor de 50 milhões de doses com a AstraZeneca será finalizado antes do final do ano, e um do mesmo tamanho com a Pfizer na primeira semana de Janeiro.

As primeiras doses destes dois fármacos, que já obtiveram aprovação regulatória em muitos países ocidentais, ainda devem demorar meses a chegar ao arquipélago, disse o ministro na sua primeira conferência de imprensa.

Por isso, a Indonésia planeia iniciar a vacinação com o tratamento da Sinovac, do qual garantiu 1,2 milhão de doses neste mês e do qual espera mais 1,8 milhão em Janeiro, assim que a vacina chinesa for aprovada.

Os resultados provisórios dos testes de fase avançada conduzidos no país devem ser apresentados à agência de alimentos e medicamentos da Indonésia no mês que vem.

Budi disse que os profissionais de saúde da linha de frente, no total de 1,3 milhões de pessoas, terão prioridade na primeira leva de vacinação, entre Janeiro e Abril: “Eles são o grupo de pessoas mais importante em nossa luta contra a pandemia”, defendeu o Governante.Os acordos de vacina causaram reacções variadas nas ruas da capital, Jakarta, na terça-feira. “Há muitas doenças sem cura, mas já existe uma cura para a Covid”, disse Cindy Lauw, uma anunciante de rádio de 25 anos. “Estou um pouco desconfiada.”

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.