Nagorno-Karabakh. Conflito já vitimou pelo menos 39 pessoas

Pelo menos mais 15 soldados separatistas morreram na região de Nagorno-Karabakh, nos combates com o Azerbaijão, elevando o total de mortos para 39, de acordo com um novo balanço oficial, divulgado esta segunda-feira.

De acordo com as autoridades do território separatista, citadas pela agência de notícias France-Presse (AFP), o número dos seus soldados mortos desde o início dos combates, no domingo, subiu para 32.

Cinco civis do Azerbaijão e dois civis arménios do enclave também morreram nos combates, de acordo com a informação já divulgada no domingo.

O Azerbaijão ainda não anunciou as suas perdas militares. O balanço pode ser muito superior, uma vez que ambos os lados afirmam ter infligido centenas de baixas à oposição.

Este é o número mais elevado de mortes desde 2016, quando os confrontos entre os beligerantes provocaram cerca de uma centena de vítimas mortais. Na altura, as hostilidades fizeram recear uma guerra aberta entre o Azerbaijão e a Arménia pelo controlo do enclave de Nagorno-Karabakh.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.