China. Explosão em fábrica de fogo-de-artifício faz pelo menos sete mortos

Uma explosão num atelier de pirotecnia da província chinesa de Hunan, no centro do país, custou a vida a pelo menos sete pessoas e deixou treze outras feridas. O governo da cidade de Liuyang, onde a fábrica estava situada, revelou em comunicado que a explosão ocorreu na quarta-feira de manhã, devido a técnicas de “produção ilegal”.

As autoridades de Liuyang adiantam ainda que os donos da fábrica foram detidos para interrogatório e que foi formada uma equipa para investigar as causas do acidente. Na quinta-feira, as autoridades ordenaram a suspensão de toda a produção de fogo de artifício na cidade.

Acidentes industriais são frequentes na República Popular da China, onde, em média, morrem 70.000 trabalhadores por ano, de acordo com a Organização Mundial do Trabalho.

Em 2015, duas explosões nas instalações químicas da zona portuária da cidade de Tianjin, no nordeste do país, causaram pelo menos 165 mortos e prejuízos de mais de mil milhões de dólares.

Esta semana, nove pessoas morreram quando um tanque de águas residuais desabou numa fábrica de tingimentos e impressões no leste da China.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.