WRTC. Yvan Muller regressa às vitórias na Guia, Monteiro 15º

O francês Yvan Muller regressou este sábado aos triunfos no Circuito da Guia, ao vencer a primeira das três corridas que integram o cartaz da etapa de Macau da Taça do Mundo de Carros de Turismo, numa prova em que se superiorizou a ao húngaro Norbert Michelisz e ao italiano Kevin Ceccon.

O português Tiago Monteiro não foi além da 15a posição, apesar de considerar que tinha condições para fazer melhor nos mais de 6200 metros da Guia: “Mais uma vez foi um bocado frustrante, porque o carro estava bom, melhor do que os que estavam à minha frente e atrás, mas em Macau não se passam cinco ou seis carros facilmente, por isso foi o possível”, afirmou o piloto, numa referência à ambição de terminar nos dez primeiros lugares.

Tiago Monteiro, que partia da 14.ª posição, completou as oito voltas regulamentares ao Circuito da Guia em 20.42.993 minutos, a 12.946 segundos do vencedor, o francês Yvan Muller. Para o piloto portuense, uma má partida explica em muito o resultado menos conseguido: “Correu mal a partida. Este fim de semana tem sido incrível, estou sempre no sítio errado, na altura errada”, lamentou o piloto português, em declarações aos jornalistas.

Também sobre as restantes duas corridas, que se disputam no domingo, Monteiro não se mostrou muito optimista, uma vez que vai partir da última posição: “Nunca arranquei tão longe aqui em Macau, mas vou tentar divertir-me”, disse.

O Grande Prémio de Macau, disputado no icónico traçado citadino de 6,2 quilómetros, é o maior evento desportivo do território.

Além de Monteiro, o primeiro português a vencer a Corrida da Guia da Taça do Mundo de Carros de Turismo, em 2016, participa ainda o português André Pires, que esta tarde não conclui a 53a edição do Grande Prémio de Macau depois de ter caído logo na primeira volta no gancho da Melco.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.