Índia. Passagem do Gaja fez onze mortos no sul do país

A tempestade vitimou onze pessoas, deixou prejuízos materiais consideráveis e obrigou à evacuação de quase 82 mil pessoas, entre as quais pontificam cerca de 13 mil crianças.

A passagem do ciclone Gaja na sexta-feira de madrugada pelo sul da Índia causou pelo menos 11 mortos e graves danos materiais, obrigando também à retirada de dezenas de milhares de pessoas.

O ciclone provocou a morte a 11 pessoas à passagem pelo estado de Tamil Nadu”, informou o partido no governo [o AIADMK] naquela região.

“Foram registados danos nas nossas infra-estruturas. (…) O ciclone provocou a queda de postes de electricidade e árvores e danos graves em barcos de pescadores e casas”, indicou por sua vez à agência de notícias espanhola EFE Satya Gopal, o secretário da Autoridade de Gestão de Desastres de Tamil Nadu

A fonte precisou que 81.948 pessoas de 22.849 famílias foram retiradas antes da chegada do ciclone. Mais de 13.000 delas são crianças.

O Gaja enfraqueceu e passou entretanto a tempestade cerca das às 05:30, hora local, esperando-se que perca mais força nas próximas horas à medida que se move para oeste, de acordo com o Departamento Meteorológico Indiano na sua conta do Twitter.

O ministro indiano do Interior, Rajnath Singh, garantiu às autoridades de Tamil Nadu “toda” a ajuda possível do governo central. A passagem de ciclones na costa indiana é frequente, sendo que o último passou há um mês na costa leste do país provocando a morte a oito pessoas e elevados danos materiais.

Em Dezembro do ano passado, o ciclone Ochkhi causou a morte a 80 pessoas no sul da Índia.

 

 

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.