Cirurgiões australianos vão tentar separar gémeos siameses do Butão

As crianças, que nasceram em Julho do ano passado numa região de montanha do pequeno reino do Himalaias, estão unidas pelo abdómen e pelo tórax. Nima e Dawa Pelden vão ser operados no Royal Infantile Hospital, em Melbourne, por uma equipa de seis cirurgiões.

Cirurgiões australianos vão tentar separar dois gémeos siameses que nasceram no Butão há 14 meses, noticiaram esta terça-feira os meios de comunicação social da Austrália. As crianças estão unidas pelo abdómen e pelo tórax.

Nima e Dawa Pelden chegaram esta terça-feira à cidade de Melbourne, onde serão depois operados por uma equipa de seis cirurgiões e vários enfermeiros especializados, no Royal Infantile Hospital, de acordo com o canal 9 da televisão local.

Os gémeos nasceram no dia 13 de Julho do ano passado por cesariana numa região montanhosa remota do Butão e são os primeiros siameses conhecidos neste pequeno país.

Ainda não se sabe qual será a data para a operação, que será feita graças à arrecadação de fundos pela organização Children First Foundation. De acordo com o canal 9, a operação vai custar cerca de 300 mil dólares norte-americanos.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.