Bebé de dez meses abandonado junto às Portas do Cerco

A criança foi encontrada dentro de um carrinho num espaço comercial da Avenida Tamagnini Barbosa. O bebé foi ali deixado por um mulher que tirou fotos à criança com o telemóvel, antes de abandonar o local.

Um bebé de apenas dez meses terá sido abandonado no piso térreo do Centro Comercial “Jardim da Cidade”, na Avenida de Artur Tamagnini Barbosa, noticiou a emissora em língua chinesa da Rádio Macau. A criança foi encontrada por um cliente do centro comercial, que notificou a polícia. O bebé foi transportado ao Centro Hospitalar Conde de São Januário para ser submetido a observação. Os médicos não encontraram quaisquer sinais de maus tratos e concluíram ainda que a criança não apresenta problemas de saúde, adiantou a Ou Mun Tin Toi.

Depois de ter visionado as imagens do sistema de videovigilância do espaço comercial, a polícia identificou o momento em que uma mulher entrou no centro comercial com o carrinho e tirou fotografias ao bebé, antes de o abandonar no local.

As autoridades locais acreditam que o caso poderá estar relacionado com um pedido de ajuda feito na noite de domingo por uma residente local. A mulher, de 34 anos, contactou a Polícia de Segurança Pública para dar conta do desaparecimento do filho, depois de ter deixado a criança ao cuidado de uma amiga com quem acabou por perder contacto. A emissora em língua chinesa da Rádio Macau não esclarece se se trata ou não da mesma criança, mas adianta que no carrinho foram encontrados produtos para bebé e um salvo conduto da República Popular da China. O Centro Hospitalar Conde de São Januário não tinha qualquer registo da criança. O caso, adianta ainda a Ou Mun Tin Toi, permanece sob investigação e o bebé foi entregue provisoriamente ao cuidado do Instituto de Acção Social.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.