Polícia espanhola desmantela rede chinesa de tráfico de droga

As autoridades espanholas detiveram quarenta pessoas por suspeita de envolvimento numa rede de cultivo e tráfico de estupefacientes. A maior parte dos detidos são naturais da República Popular da China.

Quarenta pessoas, a maior parte de nacionalidade chinesa, foram detidas nas cidades espanholas de Madrid, Toledo e Ciudad Real por suspeitas de pertencerem a uma organização dedicada ao cultivo em larga escala de marijuana destinada ao mercado europeu, sobretudo ao do Reino Unido. Para além de cultivarem cannabis, os detidos são ainda suspeitos de preparar e traficar drogas sintécticas que vendiam a outros cidadãos chineses, noticiou a agência EFE.

Para além do tráfico de estupefacientes, a Polícia Nacional Espanhola e a Guardia Civil estão também a investigar o possível envolvimento da organização criminosa em redes de tráfico de seres humanos e de exploração de prostituição. A agência EFE coloca o número de detidos nas quarenta pessoas, mas não afasta a possibilidade de novas detenções poderem ser conduzidas.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.