Benfica, 2 – C.P.K, 2. Líder perde os primeiros ponto

As duas equipas que seguem na liderança da classificação da principal prova de futebol do território empataram na sexta-feira a dois golos. Edgar Teixeira e Leonel Fernandes marcaram para os tetracampeões do território no primeiro tempo. Diego Patriota e Ho Ka Seng empataram o jogo na etapa complementar.

A formação da Casa do Sport Lisboa e Benfica de Macau escorregou pela primeira vez na edição de 2018 da Liga de Elite. No encontro que abriu, na sexta-feira, a 12.ª ronda da principal prova de futebol da RAEM, os tetracampeões de Macau empataram a duas bolas com o segundo classificado Chao Pak Kei, num desafio em que estiveram a vencer até aos 92 minutos.

Orientado pelo brasileiro Gilmar Tadeu da Silva, o C.P.K entrou melhor no desafio e foi a primeira equipa a levar perigo até ao último reduto adversário, mas a condescendência extrema com que se opôs aos lances de bola parada do onze encarnado empurrou o Benfica para a liderança do marcador, um tanto ou quanto contra a corrente do jogo. Aos 26 minutos, Edgar Teixeira surpreendeu Lou Weng Hou na baliza do Chao Pak Kei na cobrança exímia de um livre directo.

A resposta do vice-líder da Liga de Elite surgiu menos de um minuto depois, mas o remate de Alexandre Matos embatou na malha lateral da baliza à guarda de Batista.

Aos 36 minutos, o Benfica reforçou a vantagem de que dispunha no marcador. O madeirense Carlos Leonel Fernandes respondeu da melhor forma a um livre directo apontado pelo incontornável Edgar Teixeira e bateu o guarda-redes adversário com um remate de cabeça.

O segundo tempo trouxe ao relvado um Benfica mais ambicioso e um Chao Pak Kei mais pressionante. Aos 52 minutos, Hugo Silva tenta a sorte, mas falha o enquadramento com a baliza à guarda de Lou Weng Hou. Na resposta, Diego Patriota rematou ao lado do último reduto encarnado.

Os tetracampeões do território mantiveram o jogo controlado até entrarem no último quarto de hora da partida. Aos 76 minutos, Iuri Capelo vê um cartão vermelho directo e o Benfica fica reduzido a dez unidades.

O livre directo que resultou da infracção cometida pelo lateral encarnado não fez mossa, mas no lance seguinte o Chao Pak Kei reduziu. Solto junto ao segundo poste, Diego Patriota reduziu com o peito, na sequência de um pontapé de canto.

Em superioridade numérica, o Chao Pak Kei exponenciou a pressão sobre o último reduto do Benfica e aos 92 minutos garantiu o golo da igualdade, numa das melhores jogadas da partida. Ho Ka Seng desmarcou Alexandre Matos e o jovem avançado da formação orientada por Gilmar Tadeu da Silva cruzou para a área, mas Filipe César de Sousa falhou a intercepção com a bola, que acabou por chegar a Ho Ka Seng. O jovem dianteiro fez o que lhe competia e repôs a igualdadade no marcador, obrigando à divisão de pontos.

Com o empate, o Benfica passou a somar 34 pontos e continua a dispôr de sete pontos de vantagem sobre o Chao Pak Kei, numa altura em que faltam seis jornadas para o final da Liga de Elite.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.