Hainão. Mais do que cavalos e apostas desportivas

Pequim quer transformar a ilha tropical num centro internacional de finança, com a criação de uma zona de comércio livre. Hainão deverá tornar-se ainda na primeira região chinesa a substituir por completo os veículos alimentados a combustíveis fósseis.

Hainão abre-se ao mundo e a liberalização das corridas de cavalos e das apostas desportivas é apenas um dos domínios em que se vai produzir a abertura. A República Popular da China vai criar na ilha tropical uma zona de livre-comércio para a qual quer atrair grandes companhias multinacionais, com o propósito de que aí estabeleçam as suas sedes nacionais ou regionais.

O objetivo inicial das autoridades chinesas é que a zona de livre-comércio de Hainão esteja operacional até 2020, passe a ser um porto livre em 2025 e alcance o seu desenvolvimento pleno até 2035, de acordo com uma série de documentos divulgados no sábado passado pelo Comité Central do Partido Comunista da China (PCCh) e o Conselho de Estado.

O anúncio, divulgado pela agência oficial Xinhua, surge depois de ter sido aventada pela imprensa estrangeira a intenção do Governo chinês de criar em Hainão uma nova zona de livre-comércio, cujo alcance vai ser ainda mais amplo com a declaração de porto livre.

O Governo de Pequim vai criar um fundo para dirigir os investimentos na região dentro do objetivo de continuar o processo de abertura e reforma da economia. De igual modo, a ilha vai ser ainda uma área piloto na progressiva retirada dos veículos alimentados com combustíveis fósseis e a sua substituição por viaturas eléctricas, embora ainda não haja um calendário para esse objetivo.

A primeira área de livre-comércio chinesa foi lançada de forma experimental em Xangai em Setembro de 2013 e posteriormente o Governo aprovou a criação de outras novas.

Hainão, uma ilha com uma área de 35.400 quilómetros quadrados, recebeu mais de 60 milhões de turistas em 2016, quase todos chineses, e tem o objetivo de chegar aos 80 milhões de visitantes até 2020 graças às suas praias e complexos turísticos, com natureza tropical.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.