Empréstimos à habitação com aumento de 15 por cento em Janeiro

No primeiro mês do ano, os bancos do território concederam empréstimos no valor de 3,6 mil milhões de patacas a residentes de Macau. O montante é 15,2 por cento superior ao registado no mês de Dezembro.

Os novos empréstimos para a compra de habitação aumentaram, em Janeiro, 14,9 por cento relativamente ao mês anterior, indicam dados oficiais ontem divulgados.

De acordo com a Autoridade Monetária, os bancos concederam no primeiro mês do ano 3,6 mil milhões de patacas em empréstimos, dos quais 97,5 por cento a residentes de Macau (3,5 mil milhões de patacas), mais 15,2 por cento em relação ao mês anterior.

Em Janeiro, os empréstimos a não-residentes subiram 5,5 por cento para 89,9 milhões de patacas.

No período entre Novembro de 2017 e Janeiro último, os novos empréstimos para habitação registaram uma subida de 8,2 por cento, numa média mensal de 3,6 mil milhões de patacas, em relação ao período anterior, entre Outubro e Dezembro de 2017.

Os novos empréstimos comerciais para actividades imobiliárias aprovados em Janeiro atingiram os 13 mil milhões de patacas, mais 135 por cento em relação ao mês anterior, indicou a AMCM.

No final de Janeiro deste ano, o saldo bruto dos empréstimos hipotecários para habitação registou uma ligeira subida de 0.1 por cento em relação ao mês anterior para 189,7 mil milhões de patacas, enquanto o dos comerciais alcançou 183,3 mil milhões de patacas, mais 2,6 por cento comparativamente a Dezembro de 2017.

O elevado preço da habitação é uma das principais queixas da população de Macau.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.