Alexei Navalny: Médicos alemães dizem que exames indiciam envenenamento

Os médicos alemães que estão a tartar o opositor russo Alexei Navalny num hospital de Berlim disseram na segunda-feira que os exames conduzidos até ao momento indicam que Navalny foi envenenado antes de desmaiar, quando viajava de avião na Rússia na semana passada.

Navalny, um crítico do presidente russo, Vladimir Putin, foi transportado para a Alemanha no sábado, para ser submetido a tratamento. O Kremlin diz que não está claro o que fez Navalny adoecer e que os exames iniciais não mostram que o opositor tenha sido envenenado, como afirmam os seus assessores.

O hospital Charité de Berlim disse que uma equipe de médicos examinou Navalny detalhadamente após a sua chegada: “Indícios clínicos indicam envenenamento com uma substância do grupo de inibidores de colinesterase”, disse o hospital num comunicado. “A substância específica envolvida continua desconhecida, e uma série adicional de exames abrangentes foi iniciada.”

Navalny é uma pedra no sapato do Kremlin há mais de uma década, expondo o que diz ser a corrupção generalizada das elites políticas. As manifestações por si promovidas mobilizam multidões de jovens manifestantes.

Navalny foi detido diversas vezes por organizar reuniões públicas e comícios, processado devido às suas investigações sobre corrupção e impedido de concorrer às presidênciais em 2018.

O governo alemão tinha dito anteriormente que Navalny está a ser protegido no hospital devido a receios em relação à sua segurança: “A suspeita é que o senhor Navalny tenha sido envenenado, dado que, infelizmente, a história russa recente teve vários casos suspeitos do tipo”, disse Steffen Seibert, o principal porta-voz da chanceler alemã, Angela Merkel, aos jornalistas.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.