Índia. Acidente de aviação vitimou dezoito pessoas

Pelo menos 18 pessoas morreram e mais de uma centena ficaram feridas quando um avião de passageiros da Air India Express que repatriava cidadãos indianos que estavam impedidos de regressar ao país por causa da pandemia de Covid-19, ao ultrapassar a pista, ao aterrar durante uma forte chuva na cidade de Calicute, no sul do país, nesta sexta-feira, disseram as autoridades. 

O Boeing 737 que operava um voo do Dubai para o Aeroporto Internacional de Calicute levava 190 passageiros e tripulantes, afirmou o Ministério de Aviação num comunicado. Entre eles estavam dez crianças. 

Imagens televisivas mostram equipes de resgate a movimentar-se por entre os destroços no meio da chuva, que ainda era forte. A aeronave partiu em pelo menos dois pedaços, depois da fuselagem da aeronave se ter desfeito e caiu de um barranco com aproximadamente 12 metros, disseram as autoridades. 

“Por causa das condições climáticas, o avião não pode pousar da primeira vez. O aparelho deu a volta e tentou a aproximação de uma direcção diferente”, disse o ministro da Aviação Civil, Hardeep Singh Puri, ao canal DD News, acrescentando que apenas uma investigação pode revelar as causas do acidente.

Puri disse que as autoridades conseguiram resgatar a maior parte dos passageiros, uma vez que a aeronave não se incendiou enquanto descia a ladeira no final da pista de aterragem, que fica situada  num planalto.

“A boa notícia é que o avião se partiu e assim conseguimos resgatar os passageiros”, disse Puri. De acordo com o ministro, as operações de resgate foram concluídas este sábado.

O gabinete do ministro-chefe do Estado de Kerala, onde o aeroporto está localizado e que é lar de um grande número de indianos que trabalham no Médio Oriente, anunciou que além dos 17 mortos, os 173 demais passageiros tinham sido hospitalizados.

Foi o pior acidente aéreo da Índia desde 2010, quando outro vôo da Air India Express vindo do Dubai excedeu a pista alta em Mangalore, uma cidade no sul, e resvalou para fora da pista, matando 158 pessoas. 

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.