Estátua de Trump queimada na Eslovénia

Uma curiosa estátua de madeira do presidente norte-americano, Donald Trump, ficou esta quinta-feira reduzida a cinzas na Eslovénia, provavelmente alvo de um acto de vandalismo, meses após ter sido instalada por um arquitecto local. A informação foi avançada pelas autoridades municipais de Moravce esta quinta-feira.

A Eslovênia é o país natal de Melania Trump, a actual esposa do presidente norte-americano. Não resta mais nada da criação com contornos satíricos. A curiosa construção, com oito metros de altura, foi erguida com tábuas de madeira pelo arquitecto esloveno Tomaz Schlegl.

Os bombeiros que tentaram conter as chamas não conseguiram evitar que a obra fosse destruída pelo fogo, explicou o presidente da câmara da cidade de Moravce, localizada a 30 quilómetros de Ljubljana.

Ironicamente chamada de “Estátua da Liberdade” pelo seu autor, a obra foi inaugurada no final de Agosto numa pequena localidade situada nas imediações  de Moravce. A presença da estátua acabou por incomodar os moradores, devido à quantidade de curiosos que começou a atrair: “É um ataque à arte e à tolerância em relação aos valores fundamentais da Europa”, criticou o presidente da câmara de Moravce, Milan Balazic, lamentando também perder uma atracção pela qual pagou 1.500 euros.

Desde que foi inaugurada, a estátua, destinada a denunciar o populismo – de acordo com o seu autor -, dividiu a opinião entre fãs incondicionais e detractores do magnata.

Entrevistado pela Agência France Press nesta quinta-feira, Tomaz Schlegl disse suspeitar de um acto de vandalismo relacionado às crescentes tensões no Médio Oriente, desde que Washington ordenou a morte do general iraniano Quassem Soleimani.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.