Timor-Leste. Aprovado acordo com a China para a instalação da televisão digital terrestre

A decisão foi na quarta-feira aprovada pelo Conselho de Ministros timorense. Ao abrigo da decisão vão ser criadas duas estações emissoras na zona de Díli e nas áreas circundantes.

O Governo timorense aprovou a assinatura de um acordo com a República Popular da China para a implementação em Timor-Leste da Televisão Digital Terrestre (TDT), que prevê a instalação de duas novas estações emissoras na zona da capital.

A decisão foi aprovada na reunião de Conselho de Ministros de quarta-feira, que mandatou o secretário de Estado para a Comunicação Social, Merício Juvenal dos Reis ‘Akara’, para a assinatura do acordo.

“Com este projecto irão ser construídas duas estações emissoras de TDT em Díli e áreas circundantes, de acordo com os padrões da agência da ONU especializada em tecnologias de informação e comunicação, a União Internacional de Telecomunicações”, explicou, em comunicado, o Conselho de Ministros.

O Governo não divulgou detalhes do acordo ou calendário para o início do projecto.

A televisão digital terrestre (TDT), também conhecida em alguns países como televisão digital aberta (TDA) é um sistema que permite a transmissão de emissões de televisão através de um sinal digital transportado numa rede de repetidores terrestres.

Criada em 1971 pela cadeia de televisão japonesa NHK, em parceira com a multinacional nipónica Sony, e hoje comum a muitos países do planeta, a TDT permitir comprimir o sinal, reforçando a capacidade de transmissão de áudio e vídeo com custos mais baixos.

 

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.