Covid-19. Índia pode antecipar lançamento de vacina

A Índia continua empenhada no desenvolvimento da sua vacina contra o coronavírus, enquanto a farmacêutica britânica AstraZeneca disse que os seus planos estão ligeiramente atrasados, numa altura em que países de todo o mundo tentam dominar a pandemia e relançar as respectivas economias.

Uma vacina é vista como a maior aposta mundial para se controlar um vírus que já infectou mais de 48 milhões de pessoas, provocou mais de 1,2 milhões de mortes, abalou economias e transtornou milhares de milhões de vidas desde que foi identificado na República Popular da China em Dezembro.

Uma vacina apoiada pelo governo da Índia poderá ser lançada já em Fevereiro, meses antes do esperado, já que os testes de estágio avançado começam neste mês e estudos feitos até agora mostraram que ela é segura e eficiente, disse um investigador do governo indiano à agência Reuters.

A Bharat Biotech, empresa privada que está a desenvolver a Covaxin em conjunto com o estatal Conselho Indiano de Pesquisa Médica, esperava lançar a vacina apenas no segundo trimestre do ano que vem: “A vacina mostrou uma boa eficácia”, disse Rajni Kant, cientista da empresa estatal e que também é membro de task-force do Governo indiano contra o Covid-19.

“Espera-se que até o início do próximo ano, Fevereiro ou Março, algo esteja disponível.”

Não foi possível contatar a Bharat Biotech de imediato. Um lançamento em fevereiro faria da Covaxin a primeira vacina de fabrico indiana a ser distribuída.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.