Porta-voz da Casa Branca testa positivo à Covid-19

A porta-voz da Casa Branca, Kayleigh McEnany, informou, na segunda-feira, que testou positivo no teste de despistagem à Covid-19, na sequência do anúncio de que o presidente Donald Trump estava infectado com o novo coronavírus.

“Depois de dar negativo de maneira constante, inclusive todos os dias desde quinta-feira, dei positivo para Covid-19 esta segunda-feira de manhã sem experimentar sintomas”, disse McEnany, num comunicado, acrescentando que começará a quarentena e continuará a trabalhar de forma remota.

A responsável pelas assessoria de imprensa da Casa Branca afirmou ainda que “nenhum repórter, produtor, ou membro da imprensa”, aparece como contacto próximo na lista dos serviços médicos da Casa Branca.

Cresceu, porém, a polémica em torno dos cuidados da Casa Branca e da família Trump para evitar o contágio pelo novo coronavírus. No domingo, a porta-voz do Presidente deu uma conferência de imprensa ao ar livre na presença de jornalistas, sem máscara.

McEnany é o caso covid-19 mais recente no círculo mais próximo do presidente.

A lista inclui a primeira-dama, Melania Trump, e a assessora do presidente Hope Hicks, cujo resultado positivo à Covid-19 na quinta-feira fez disparar os alarmes.

Também estão infectados o gerente da campanha Trump 2020, Bill Stepien; a presidente do Comité Nacional Republicano, Ronna McDaniel; a conselheira de Trump, Kellyanne Conway; o ex-governador de Nova Jersey Chris Christie e três senadores republicanos (Mike Lee, de Utah; Thom Tillis, da Carolina do Norte; e Ron Johnson, de Wisconsin), além do ajudante pessoal de Trump, Nick Luna.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.