Segurança. Macau e Guangdong de mãos dadas contra a imigração ilegal

As autoridades do território e da vizinha província continental de Cantão detiveram 24 pessoas, suspeitas de integrarem uma rede de auxílio à imigração ilegal. Os detidos são, na sua maioria, de nacionalidade vietnamita.

Uma operação policial conjunta lançada pelas forças da ordem do território e pelas autoridades congéneres da vizinha província de Cantão resultou na detenção de seis cidadãos de nacionalidade vietnamita na RAEM e de dezoito outros na província continental de Guangzhou, informou esta segunda-feira a emissora em língua chinesa da Rádio Macau.

No território, agentes da Polícia Judiciária interceptaram uma dezena de cidadãos vietnamitas em vários pontos da cidade, acabando por prender seis. Alguns dos detidos encontravam-se em Macau ilegalmente e outros são suspeitos de auxílio à imigração ilegal. Do outro lado das Portas do Cerco, as autoridades da vizinha província de Cantão prenderam 18 pessoas, entre as quais o cabecilha de uma rede que facilitava a entrada dos cidadãos vietnamitas no território a troco de uma avultada quantia.

O grupo estaria activo há mais de um ano e ajudava os imigrantes ilegais a entrar a nado no território. Alguns dos suspeitos, informa a Ou Mun Tin Toi, foram detidos na zona da Areia Preta, num estaleiro de construção civil.

 

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.