Kitchee derrota Kashiwa Reysol e garante lugar na história

Arquivo

A primeira vitória de uma formação de Hong Kong na Liga dos Campeões Asiáticos surgiu já em período de descontos, numa iniciativa concluída por Cheng Ching Lung. O Kitchee jogou durante grande parte do encontro em superioridade numérica, depois da expulsão de Masashi Kasekawa, aos quinze minutos.

A jornada foi histórica para o Benfica de Macau, mas os tetra-campeões do território não foram os únicos a colocar o dia 14 de Março num pedestal. A data entra também para a história do desporto na vizinha Região Administrativa Especial de Hong Kong por se tratar do dia em que o futebol da da antiga colónia britânica alcançou o seu primeiro triunfo na Liga dos Campeões Asiáticos.

A formação responsável pela proeza foi o Kitchee, que esta noite levou a melhor sobre os japoneses do Kashiwa Reysol pela margem mínima, num desafio disputado no Hong Kong Stadium.

O jogo correu, no entanto, de feição ao conjunto anfitrião, que viu o onze adversário ficar reduzido a dez elementos à passagem do primeiro quarto de hora de jogo, depois de Masashi Kasekawa ter visto o cartão vermelho directo na sequência de uma entrada dura sobre Alex Akande.

Mesmo a jogar em superioridade numérica, o Kitchee só na recta final da partida, já em período de descontos, conseguiu fazer história, com o suplente Cheng Ching Lung a marcar e a garantir o primeiro triunfo de uma formação de Hong Kong na principal prova de clubes do futebol asiático.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.