Tesouro com mais de 2500 anos encontrado na Suécia

Fotografia: Direitos Reservados

Um tesouro da Idade do Bronze com cerca de cinquenta joias e relíquias com pelo menos 2.500 anos de antiguidade foi descoberto na Suécia por um caminhante, anunciaram as autoridades na quinta-feira.

O tesouro, considerado “espetacular” e em “fantástico” estado de conservação, foi descoberto por acaso no início de Abril, numa floresta próxima à cidade de Alingsås, no sudoeste da Suécia, explicaram as autoridades locais.

As joias encontrava-se ao ar livre, frente a algumas rochas. Provavelmente foram desenterradas por animais: “Parecia lixo de metal. No início, achei que era uma lâmpada”, contou Tomas Karlsson, o homem que descobriu as relíquias.

Este fã de corridas de orientação estava a actualizar um mapa quando, ao se agachar, encontrou um colar e acessórios, contou ele ao jornal Dagens Nyheter: “Tudo parecia tão novo que pensei que era falso”, explicou. Depois de ter dado conta da sua descoberta, uma equipa de arqueólogos foi ao local para para examinar as peças.

Segundo Johan Ling, professor de Arqueologia da Universidade de Gotemburgo, “a maioria dos objectos encontrados são de bronze e estão associados a uma mulher de alto escalão da Idade de Bronze”.

Os objectos, entre os quais estão colares, correntes e broches muito bem conservados, datam de entre o ano 750 a.C e 500 a.C.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.