Pamplona cancela festas de San Fermín pelo segundo ano consecutivo

Fotografia: San Fermin Pamplona Navarra/Unsplash

A festas de São Firmino de Pamplona, conhecidas pelas suas corridas de touros que atraem muitos turistas, foi suspensa pelo segundo ano consecutivo devido à pandemia de coronavírus, anunciou esta segunda-feira o autarca da cidade espanhola.

“Para nosso grande pesar, vejo-me obrigado a suspender oficialmente as festas de São Firmino do ano de 2021”, que deveriam acontecer em Julho, afirmou numa conferência de imprensa o presidente da Câmara Enrique Maya. O evento já tinha sido cancelado em 2020 devido à pandemia de Covid-19.

“É uma decisão dura, que afecta os sentimentos de toda uma cidade”, e um novo golpe para a economia de Pamplona, admitiu Maya.

De todas as maneiras, como “a saúde é prioridade, a decisão não surpreende”, levando em consideração a elevada taxa de contágios em Navarra, região do norte da Espanha que tem Pamplona como capital, explicou o autarca.

Com uma incidência acumulada de 400 casos por cada 100.000 habitantes em 14 dias, Navarra tem uma das taxas mais elevadas da Espanha, muito acima da média nacional de 235 casos.

No ano passado, a pandemia privou Pamplona da festividade, que acontece entre 6 e 14 de Julho e inclui as famosas corridas de touro pelas ruas do centro da cidade, que ganharam fama mundial com o livro de Ernest Hemingway “O Sol Também se Levanta” (1926).

Caracterizadas pela roupa branca e lenço vermelho em volta do pescoço dos seus participantes, os ‘Sanfermines’ são nove dias em que não falta vinho e folia.

O cancelamento representa um novo golpe para economia local, em particular os hotéis, muito afectados pelo confinamento de 2020, um dos mais rígidos do mundo, e pelas actuais restrições para o funcionamento de bares e restaurantes.

Outras cidades espanholas anunciaram nas últimas semanas que, pelo segundo ano consecutivo, não organizariam os seus tradicionais festivais do período da Primavera (hemisfério norte, outono no Brasil).

Sevilha, por exemplo, cancelou as procissões da Semana Santa e a Feira de Abril, enquanto em Valência a festa “Las Fallas”, que normalmente acontece em Março também não se realizou.

A Espanha, com quase 78.000 mortes e 3,5 milhões de casos, registou um aumento paulatino dos contágios nas últimas semanas, enquanto a campanha de vacinação avança: 8 por cento dos 47 milhões de habitantes já receberam as duas doses.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.