Superliga Europeia. JP Morgan assume falha de julgamento

Fotografia: Janosch Diggelmann/Unsplash

O banco norte-americano JP Morgan, que ia financiar a nova Superliga de futebol, reconheceu esta sexta-feira que “julgou mal” a repercussão que o nascimento da nova competição teria em todo o mundo e prometeu “aprender” com a experiência.

“Claramente julgámos mal como este acordo seria visto no conjunto da comunidade futebolística e o impacto que poderia ter no futuro. Vamos aprender com isto”, disse um porta-voz do banco num comunicado enviado à agência Efe.

O JP Morgan confirmou que iria financiar a Superliga e, de acordo com informações obtidas pela Efe, estava disposto a colocar em cima da mesa um empréstimo de 3.983 milhões de euros para dar início à competição.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.