Caraíbas. Erupção vulcânica deixa São Vicente às escuras

Fotografia: Admiralty Bay, em São Vicente, Caraíbas. D-Stanley/Creative Commons

A ilha de São Vicente, nas Caraíbas, foi sacudida por mais uma explosão do vulcão La Soufrière, ao início da manhã de domingo, que causou cortes de energia e escassez de água em algumas regiões, com nuvens de cinzas a cobrirem ainda partes da vizinha ilha de Barbados.

Após décadas de inatividade, o vulcão entrou em erupção na sexta-feira, gerando escuras nuvens de cinzas com cerca de dez quilómetros de altura. A erupção obrigou à  retirada de milhares de pessoas das suas moradias na ilha. O vulcão continua em intensa actividade, a expelir cinzas desde então.

Na manhã de domingo, a Organização Nacional de Gestão de Emergência afirmou que se registou um apagão após “um outro evento explosivo” no vulcão. Mas a energia tinha sido restaurada até as 12h, horário local, disseram vários residentes.

“Explosões e cinzas, de magnitude similar ou maiores, devem continuar a ocorrer nos próximos dias”, disse o Centro de Investigação Sísmica da Universidade das Índias Ocidentais, numa mensagem publicada pelo Twitter.

O ministro das Finanças, Camillo Gonsalves, afirmou que o governo acredita que cerca de 20.000 pessoas devem ser deslocadas das suas casas internamente por um período de entre três a quatro meses: “Historicamente, o vulcão continua em actividade de maneira intermitente por alguns meses”, disse. “A maioria das colheitas na ilha será perdida.”

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.