Itália recebeu menos quatro milhões de vacinas contra a Covid

Fotografia: Matteo Jorjoson/Unsplash

A Itália deixou de receber vários milhões de doses de vacinas contra a Covid-19 durante o primeiro trimestre do ano, o que alterou a campanha de vacinação programada pelo governo. De acordo com um um documento com data de 3 de Março, o governo esperava receber 15,69 milhões de doses no primeiro trimestre, mas de acordo com os dados do Ministério da Saúde, atualizados a 1 de Abril, receberam 11,25 milhões.

Das doses recebidas até o momento, 84 por cento foram aplicadas. Os atrasos no fornecimento da vacina da AstraZeneca são considerados a principal causa da violação do programa elaborado pelo governo, diz o documento do ministério.

De 5,35 milhões de doses da AstraZeneca, o fabricante entregou apenas 2,75 milhões até 31 de Março.

O comissário do governo para a gestão da pandemia de Covid-19 anunciou na quinta-feira que “entre hoje e amanhã 1,3 milhão de doses” da vacina deverão chegar à Itália.

O novo primeiro-ministro da Itália, Mario Draghi, afirmou em Fevereiro, ao assumir o poder, que a prioridade de seu governo será a de vacinar a população italiana contra o coronavírus.

A Itália registou quase 110.000 mortes desde o início da pandemia.

O plano do governo era aplicar 170.000 doses por dia em Março até atingir 300.000 por dia no final do mês, para passar em Abril para meio milhão com o objetivo de alcançar a imunidade de grupo no final de Setembro ou início de Outubro.

No entanto, as doses administradas na quarta-feira superam ligeiramente as 270.000, longe do objectivo definido pelo Governo transalpino.

Várias regiões alertaram nesta quinta sobre o risco de fecharem temporariamente os centros de vacinação: “Se (as vacinas) não chegarem em 24 horas, infelizmente teremos que suspender a vacinação”, alertou Alessio D’Amato, responsável do sector de saúde da região da Lacio, cuja capital é Roma.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.