Covid-19. Pfizer começa a testar vacina em crianças

Fotografia: Mat Napo/Unsplash

A Pfizer disse na quinta-feira que arrancaram os testes clínicos da sua vacina contra o coronavírus com crianças abaixo dos onze anos, um sinal de que as farmacêuticas se estão a preparar para a próxima fase da campanha global de imunização.

“Junto com o nosso parceiro BioNTech, administramos as doses nas primeiras crianças saudáveis  num estudo contínuo global de Fases 1/2/3 para continuar a avaliar a segurança, a tolerabilidade e a eficácia da vacina Pfizer-BioNTech contra a covid-19”, disse a empresa num comunicado enviado às agências internacionais.

“Estamos orgulhosos de iniciar este estudo tão necessário para crianças e famílias que aguardam ansiosamente uma possível opção de vacina.”

De acordo com detalhes postados no site clinictrials.gov, a farmacêutica está a testar três dosagens diferentes para uso nesta faixa etária.

A empresa já estava a testar as vacinas em adolescentes com idades compreendida entre os 12 e os 15 anos e a sua autorização de emergência nos Estados Unidos é válida para pessoas com idade superior a 16 anos.

A Pfizer junta-se assim à Moderna e a AstraZeneca, que já estavam a testar as vacinas em crianças, enquanto a Johnson & Johnson tem também planos para empreender os seus próprios estudos.

Embora as crianças geralmente sejam poupadas do pior da doença e tenham menos probabilidade do que os adultos de transmitir o vírus, raros casos mais graves de Covid e mortes ocorreram, bem como uma complicação inflamatória pós-infecciosa chamada MIS-C.

Os menores de 18 anos representam cerca de um quinto do total de 330 milhões habitantes dos EUA, e a maioria dos especialistas acredita que será necessário avançar no sentido de imunizar crianças para que a imunidade seja alcançada a nível populacional.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.