AstraZeneca baixa eficácia da vacina para 76 por cento

Fotografia: Mat Napo/Unsplash

A AstraZeneca baixou ena quarta-feira a eficácia da sua vacina contra a Covid-19 de 79 para 76 por cento num estudo actualizado nos Estados Unidos da América, depois de as autoridades terem pedido para rever os dados iniciais.

Os resultados, muito parecidos aos originais, indicam também 85 por cento de eficácia contra casos sintomáticos de Covid-19 entre os que têm 65 anos ou mais e 100 por cento contra casos graves da doença ou hospitalizações.

O estudo foi elaborado com 32.449 voluntários nos Estados Unidos da América, no Chile e no Peru que receberam duas doses da vacina AstraZeneca ou um placebo.

Em comunicado, o vice-director executivo da AstraZeneca, Mene Pangalos, afirmou que “a análise principal é consistente com a análise intercalar publicada anteriormente e confirma que a vacina da Covid-19 é altamente eficaz em adultos, incluindo idosos com 65 anos de idade ou mais.

Reiterou também que a empresa pretende solicitar às autoridades norte-americanas autorização de emergência para distribuir a vacina nesse país. A AstraZeneca anunciou segunda-feira que a sua vacina era 79 por cento eficaz, o que a Casa Branca descreveu como “encorajador”.

Contudo, um painel independente de peritos que prestam assessoria à administração de Joe Biden expressou  preocupação de que os dados utilizados para o estudo possam estar desactualizados.

Na semana passada, países europeus como a Alemanha, França, Itália e Espanha suspenderam o uso da vacina da AstraZeneca durante alguns dias após terem sido detectadas tromboses em alguns pacientes que a tinham recebido.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.