Hong Kong. Pintura de Basquiat vendida por 42 milhões de dólares

Fotografia: Dan Freeman/Unsplash

O quadro “Warrior” de Jean-Michel Basquiat foi arrematado na terça-feira  por 41,8 milhões de dólares, o preço mais alto para uma obra ocidental alguma vez transaccionada na Ásia, em leilão organizado pela Christie’s em Hong Kong, numa venda transmitida pela Internet.

O preço final da obra, concebida em 1982, foi ligeiramente superior às estimativas, que pontificavam entre os 31 milhões e os 41 milhões.

Pintada em acrílico e spray sobre um painel de madeira, a pintura é considerada por especialistas como a obra emblemática do pintor americano.

Foi vendida na sequência de “um intenso braço-de-ferro no leilão, com duração de dez minutos, entre Hong Kong e Nova Iorque”, disse a Christie’s em um comunicado.

A pintura é interpretada como uma obra semi-autobiográfica de Basquiat, que salientou nela as desigualdades sociais e a falta de representação dos negros no mundo da arte.

O quadro tinha sido vendido em 2012 para um coleccionador americano na Sotheby’s de Londres por US$ 8,7 milhões, mas o seu preço disparou com a crescente demanda por obras de mestres ocidentais na Ásia.

“Warrior de Jean-Michel Basquiat é um retrato imponente e autoritário, que demonstra amplamente porque este artista é considerado um dos pintores mais importantes” do último meio século, de acordo com a casa de leilões.

A popularidade de Basquiat explodiu nos últimos anos, alimentando preços exorbitante. Um dos seus desenhos, “Untitled”, foi vendido no ano passado por 15,2 milhões de dólares na Sotheby’s de Nova Iorque.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.