Covid-19. Presidente sírio, Bashar al-Assad infectado

Fotografia: Hosein Charbaghi/Unsplash

O presidente da Síria, Bashar al-Assad, e a primeira-dama do país, Asma al-Assad, testaram positivo para a Covid-19, segundo divulgou esta segunda-feira no Twitter o gabinete da presidência síria.

De acordo com o comunicado, ambos apresentam sintomas leves e encontram-se isolamento na residência oficial.

De acordo com as informações divulgadas pela presidência, o casal foi submetido a um teste PCR após os primeiros sinais de um possível contágio, “e o resultado demonstrou que estavam infectados pelo vírus”.

As condições médicas do casal, de acordo com a nota, são consideradas “boa” e “estável”, o que permitirá continuarem a trabalhar em casa enquanto cumprem um período de quarentena que poderá ir de duas a três semanas.

O comunicado traz ainda um apelo de Bashar al-Assad e da esposa à adesão às medidas de prevenção de contágio da Covid-19 “da forma que for possível”.

No fim do mês passado, o Governo da Síria anunciou a recepção de um lote de doses de vacina enviado por “um país amigo”, sem revelar a nação, além do início da campanha de imunização em trabalhadores de saúde de várias províncias.

Segundo dados do Ministério da Saúde da Síria, nas últimas 24 horas foram registados 56 novos casos de infecção por coronavírus, elevando o total desde o início da pandemia para 15.981. Além disso, houve cinco mortes, que elevam o balanço total para 1.063.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.