França. Homem que matou esposa à martelada detido na Suiça

Fotografia: Ev/Unsplash

O companheiro de uma mulher de 30 anos que foi descoberta morta, na sua casa em Lyon na noite de quinta para sexta-feira, foi detido na Suíça, informou este sábado o Ministério Público helvético.

De acordo com o jornal suíço Le Matin, o homem foi “detido ontem, sexta-feira, às 23h15, na Suíça, no âmbito de uma investigação judicial aberta ao início da tarde de sexta-feira pelo Ministério Público francês”. O cônjuge é suspeito do crime de homicídio doloso, adianta a mesma publicação.

A detenção coloca fim a uma caça ao homem que se prolongou por cerca de 24 horas, depois do corpo da mulher ter sido descoberto por volta das duas da manhã de sexta-feira no apartamento em ambos viviam em Lyon. De acordo com a imprensa local, a jovem morreu depois de ter sido atingida à golpes de martelo. O marido, que não se encontrava no local, era procurado desde então por investigadores da Segurança Departamental, a entidade responsável investigações.

“Se certas dificuldades dentro do casal levaram à intervenção das autoridades em 2015, desde então nenhuma reclamação ou procedimento tinha chamado a atenção da polícia ou da justiça”, disse o Ministério Público francês na noite de sexta-feira. O suspeito foi condenado em 2017 “por ter sido apanhado a conduzir sem seguro”, de acordo com a mesma fonte.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.