IAM vai abater figueira-benjamim do Jardim de São Francisco

O Instituto para os Assuntos Municipais vai proceder, na próxima quinta-feira ao abate de uma figueira-benjamim que se encontra no Jardim de São Francisco, nas imediações do cruzamento entre a Rua do Campo e a Avenida da Praia Grande.

O organismo justifica o abate com o facto do exemplar em questão constituir uma ameaça à segurança dos residentes do território. Localizada junto à Biblioteca do Pavilhão Octogonal, a figueira-benjamim foi acometida de podridão radicular, doença provocada pelo fungo Phellinus noxius que ao longo da última década obrigou ao abate de centenas de árvores no território. Também conhecida como “cancro das árvores” a podridão radicular afecta a estabilidade da árvore, ao debilitar as raízes e a base do tronco.

O exemplar do Jardim de São Francisco estava a ser tratado desde Setembro com um fungicida, mas o tratamento acabou por se revelar ineficaz. O Instituto para os Assuntos Municipais considera que o risco de colapso da árvore é elevado. O exemplar vai ser retirado por uma questão de “segurança pública” e substituído por outra árvore, depois do talhão ser desinfectado.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.