Com recorde de contágios, Portugal a caminho de novo confinamento

As autoridades portuguesas preparam-se para declarar um novo confinamento geral, que deverá entrar em vigor na próxima semana durante pelo menos 15 dias, depois das infecções por COVID-19 terem disparado após o Natal.

Na quarta-feira, o pais registou mais de 10.000 casos pela primeira vez, com um aumento significativo em relação ao máximo anterior, que era de cerca de 7.600 positivos. Desde então os números têm permanecido à volta desse nível.

Depois de na sexta-feira ter registado os números mas elevados de toda a pandemia em quase todos os seus indicadores (10.176 infecções e 118 mortes), no sábado a Direcção-Geral da Saúde (DGS) reportou mais 9.478 infecções e 111 mortes.

Portugal soma 476.187 casos desde Março, com mais de 102.000 actualmente ativos, e 7.701 mortes.

O aumento das infecções também é perceptível nos hospitais, onde o número de internados continua a crescer e no sábado atingiu novos picos máximos.

No total, são 3.555 pacientes internados em hospitais (104 a mais que ontem), 540 dos quais em unidades de cuidados intensivos (mais 4).

A actividade não urgente foi suspensa em toda a região de Lisboa e Vale do Tejo e vários centros hospitalares de diferentes zonas do país avisaram que estão sobrecarregados, sendo mesmo obrigados a transferir doentes para outros hospitais com menos saturação.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.