Assessor da Casa Branca para a China renuncia após violência no Capitólio

O vice-assessor de segurança nacional da Casa Branca, Matt Pottinger, renunciou ao cargo, juntando-se a uma série de governos que estão a deixar o governo do presidente Donald Trump, após a invasão do Capitólio pelos seus apoiadores.

Pottinger, uma figura importante no desenvolvimento da política de Trump para a China, renunciou na quarta-feira em resposta à reacção de Trump sobre a invasão do Capitólio dos Estados Unidos por manifestantes, disse um alto funcionário do governo à agência Reuters. A Bloomberg foi a  primeira a dar conta da renúncia.

O chefe de Pottinger, o conselheiro de segurança nacional Robert O’Brien, não tem a intenção de sair, de acordo com a fonte: “Uma forte equipe de segurança nacional permanece no Departamento de Estado, no Departamento de Defesa, no Tesouro, na comunidade de inteligência e no Conselho de Segurança Nacional.”

A mesma fonte disse que a equipa tem vindo a certificar-se de que não existem ameaças estrangeiras aos Estados Unidos antes do próximo governo de Joe Biden tomar posse, a 20 de Janeiro. A equipa tem estado a coordenar tarefas com a equipa de transição de Biden de há várias semanas a esta parte.

A Casa Branca não teceu comentários de imediato. O’Brien pediu a Pottinger que permanecesse no cargo depois das eleições de 3 de Novembro para facilitar a transição para a nova equipa de Biden, segundo a autoridade.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.