China encerra acessos a Shijiazhuang, cidade com 11 milhões de habitantes

As principais vias de acesso que levam à cidade chinesa de Shijiazhuang estavam bloqueadas esta quarta-feira, numa tentativa das autoridades chinesas de conter um foco de coronavírus na cidade de 11 milhões de habitantes, próxima de Pequim.

As autoridades encerraram dez estradas que levam à cidade, situada  300 quilómetros a sul da capital, assim como um terminal rodoviário, para evitar que o contágio se propague para fora de Shijiazhuang.

As escolas também foram encerradas.

Shijiazhuang, capital da província de Hebei, próxima de Pequim, registou 117 contágios, 63 deles anunciados na quarta-feira. Do total, 78 são assintomáticos.

Um dos seus distritos, Gaocheng, é considerado de “alto risco” e foi isolado. Este sector de 40.000 habitantes é o único território do país com esta classificação. Todos os habitantes foram submetidos a testes de detecção do novo coronavírus, de acordo com as autoridades de saúde.

A televisão nacional exibiu imagens de controlos rodoviários e de enfermeiros com trajes de protecção a submeterem os residentes a exames.

A emissora também mostrou imagens de funcionários municipais a limpar as ruas de Shijiazhuang.

A China, onde o novo coronavírus foi detectado há um ano, erradicou em grande medida a pandemia na Primavera, mas durante os últimos dias o balanço oficial de contágios aumentou, embora continue muito inferior aos registrados no exterior.

O aumento preocupa as autoridades, dada a aproximação das grandes migrações do Ano Novo chinês, que este ano ocorre a 12 de Fevereiro.

As festividades provocam a maior migração do mundo, uma vez que centenas de milhões de trabalhadores deixam as grandes cidades para visitar as suas famílias.Além disso, uma equipa da Organização Mundial da Saúde (OMS) deve desembarcar na República Popular da China em breve para investigar a origem do vírus, mas a organização anunciou na terça-feira que os especialistas não receberam um visto de entrada no país, embora alguns já estejam a caminho.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.