Noruega. Deslizamento de terras deixa cinco mortos e cinco desaparecidos

Quatro pessoas foram encontradas mortas sob os escombros de um deslizamento de terras na Noruega, o que eleva para cinco o número de vítimas da ocorrência, anunciaram as autoridades locais no sábado, enquanto segue a operação de resgate para encontrar pelo menos cinco outras pessoas que continuam desaparecidas.

“Ainda temos esperança de encontrar sobreviventes”, disse à imprensa Roy Alkvist, um dos oficiais da equipe de socorro, três dias depois do impressionante deslizamento de terra ter sobressaltado o município de Gjerdrum, a nordeste de Oslo.

No sábado pela manhã, a chefe da polícia local, Ida Melbo Øystese, disse que espera encontrar sobreviventes nas bolsas de ar de vários edifícios que permanecem parcialmente intactos.

A polícia não deu conta da identidade das pessoas encontradas mortas por uma brigada canina na sexta-feira e no sábado, tendo divulgado apenas uma lista com os nomes dos desaparecidos.

Em Ask, no município de Gjerdrum, uma cidade de cinco mil habitantes, a 25 quilómetros da capital norueguesa, o solo afundou na manhã de 30 de Dezembro. A ocorrência provocou a evacuação de cerca de mil pessoas, que não podem voltar para casa, devido à instabilidade do solo.

O terreno voltou a desmoronar na madrugada deste sábado. Cerca de dez casas e outros 31 imóveis desabaram. Algumas residências foram arrastadas ao longo de mais de 400 metros.

A Direcção de Água e Energia da Noruega (NVE) estima que o deslizamento de terra tenha ocorrido numa área de aproximadamente 350 por 800 metros.Dez pessoas ficaram feridas. Uma delas, em estado grave, teve de ser transferida para Oslo. A primeira-ministra Erna Solberg, que se deslocou ao local da tragédia, afirmou que foi “um dos maiores” deslizamentos de terra que o país já conheceu.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.