Acidente suspende empreitada de construção da quarta travessia Macau-Taipa

O Gabinete para o Desenvolvimento de Infra-estruturas ordenou esta quarta-feira a suspensão da empreitada de construção da quarta travessia entre Macau e a Taipa, na sequência de um acidente de trabalho registado na terça-feira. A ocorrência – a queda de uma grua – deixou um trabalhador não-residente ferido.

“Logo após a ocorrência do acidente, o GDI mandou suspender os trabalhos de execução da empreitada com vista a uma melhor coordenação da investigação” pelo empreiteiro e entidade fiscalizadora sobre a causa do acidente, no qual ficou ferido um trabalhador, indicou o organismo numa nota de imprensa.

O Gabinete para o Desenvolvimento de Infra-estruturas lançou uma investigação para apurar as causas do acidente e não descarta a possibilidade de exigir responsabilidades legais ao empreiteiro caso o acidente possa ter resultado de “acto negligente” da empresa ou de “insuficiência dos equipamentos de segurança”.

O organismo assegurou ainda que os trabalhos de construção só serão retomados depois de reunidas as condições necessárias. A quarta travessia entre Macau e a Taipa deve estar concluída no final de 2025, a julgar pelo calendário do concurso público lançado pelo Executivo em 2018.

A estrutura, que liga um dos novos aterros à zona do Aeroporto Internacional de Macau, deverá ter uma extensão máxima de 3090 metros de comprimento e estar equipada com oito faixas de rodagem. A ligação comporta ainda um túnel com 3050 metros.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.