China. Longa Marcha 8 fez o seu voo inaugural

Um novo foguete de lançamento do programa aeroespacial da República Popilar da China fez o seu voo inaugural esta terça-feira, parte de um plano de longo prazo para desenvolver veículos de lançamento reutilizáveis com a meta de reduzir os custos das missões e acelerar os cronogramas de lançamento para clientes comerciais.

O Longa Marcha 8 Y-1 partiu às 00h37 locais de Hainão, ilha do sul chinês, carregando cinco satélites, noticiou a imprensa estatal da República Popular da China.

A China planeia desenvolver foguetes reutilizáveis da série Longa Marcha 8 nos próximos anos. Os aparelhos são semelhantes à linha Falcon que já está a ser produzida pela empresa aeroespacial privada norte-americana SpaceX.

A imprensa estatal não revelou se o próprio Longa Marcha 8 é reutilizável, mas variantes futuras devem ser capazes de descolagens e pousos verticais (VTVL), o que lhes permitirá ser usadas em mais do que um lançamento.

A China tenciona desenvolver o seu primeiro veículo VTVL por volta de 2025, disse uma autoridade da China Aerospace Science and Technology Corp, a principal prestadora de serviços espaciais do país, numa conferência de imprensa em Novembro.

No início deste mês, a China trouxe rochas e solo da Lua, as primeiros amostras retiradas do satélite da Terra desde 1976. Em Julho, o país lançou sua primeira missão independente a Marte.

Em 2022, a China pretende finalizar uma estação espacial multi-módulos habitada, e até 2045 espera criar um programa para operar milhares de voos por ano e transportar dezenas de milhares de toneladas de carga e de passageiros.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.