Covid-19. Mais de 20 milhões de pessoas confinadas em Inglaterra

Pedestrians walk past a British government health information advertisement highlighting new restrictions amid the spread of the coronavirus disease (COVID-19), London, Britain, December 19, 2020. REUTERS/Toby Melville

Mais de 20 milhões de pessoas estão confinadas na Inglaterra desde  domingo, quando medidas restritivas estritas entraram em vigor devido ao aumento alarmante de casos de Covid-19 que o governo britânico vincula a uma nova variante.

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, impôs medidas draconianas no sábado para Londres e para vastas áreas do sudeste da Inglaterra, que a partir deste domingo estão em nível de risco 4, grave. O Executivo britânico decretou o encerramento de lojas não essenciais, ginásios e cabeleireiros, e a proibição de rumar a outras áreas do país.

Com estas regras, também foram modificados os planos flexíveis que o Governo tinha autorizado entre os dias 22 e 28 de Dezembro para que familiares e amigos se pudessem reunir por ocasião das celebrações do Natal.

As pessoas que residem em áreas que estão sob os efeitos das restrições não podem juntar-se a outras pessoas que moram em níveis inferiores. Para o resto da Inglaterra que está entre os níveis 1 a 3 – baixo, moderado e substancial – essa flexibilidade vai ser reservada apenas para o dia de Natal, uma medida que também irá ser aplicada na Escócia e no País de Gales.

As regras estabelecidas na Inglaterra vão ter a duração de duas semanas e irão ser revistas no dia 30 de Dezembro.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.