França. Presidente Emmanuel Macron testa positivo à Covid-19

O presidente francês Emmanuel Macron foi diagnosticado com o novo coronavírus e vai permanecer isolado pelo período de uma semana, anunciou na quinta-feira o Palácio do Eliseu, sede da presidência francesa.

O chefe de Estado foi submetido ao teste PCR “quando surgiram os primeiros sintomas e permanecerá isolado por sete dias, mas vai continuar a trabalhar e a cumprir algumas das suas tarefas à distância”, afirmou a presidência  num comunicado.

Ao mesmo tempo, o gabinete do primeiro-ministro, anunciou que Jean Castex também vai permanecer isolado porque teve contacto com o chefe de Estado, embora “não apresente nenhum sintoma”. O chefe de Governo também fez um teste de diagnóstico e o resultado será conhecido nas próximas horas.

O primeiro-ministro espanhol, Pedro Sánchez, e o presidente do Conselho Europeu, que tiveram contacto recentemente com Macron, também iniciaram um período de isolamento a título preventivo.

Macron é o mais recente governante a contrair o novo coronavírus, uma lista que inclui o presidente norte-americano Donald Trump, o brasileiro Jair Bolsonaro e o primeiro-ministro britânico Boris Johnson.

A França decidiu manter importantes restrições de movimento porque os números de contágios continuam elevados e podem piorar devido às celebrações de Natal e do Ano Novo.

Na quarta-feira, por exemplo, o país registou mais de 17.000 novos casos.

No momento, um toque de recolher está em vigor na França das 20H00 às 6H00. Restaurantes, bares, cinemas, museus e outros centros de lazer estão fechados desde o fim de Outubro.

O país regista um balanço de quase 60.000 mortos pelo novo coronavírus até ao momento.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.