Extensão a Macau do DocLisboa arranca hoje no Consulado

O Auditório Dr. Stanley Ho, do Consulado Geral de Portugal em Macau e Hong Kong, acolhe ao início da noite desta quarta-feira a sessão inaugural da extensão a Macau do Festival DocLisboa. O certame estende-se até ao próximo sábado e contempla a apresentação de dez filmes documentais, incluindo vários curtas-metragens “made in Macau”.

O filme “A Lily Ainda por Desabrochar”, de Lei Cheok Mei, vencedor na secção Local View Power do Festival Internacional de Cinema e Prémios, em Macau, em 2018 – e nomeado para o prémio Melhor Documentário no concurso Golden Harvest Awards for Outstanding Short Films no ano de 2019 – inaugura esta noite o certame, indica o Instituto Português do Oriente (IPOR) numa nota de imprensa.

Hoje serão ainda exibidos “Gradmas’ Dangerous Project” de Peeko Sio Nga Wong, vencedor do Prémio Best Local Entry do Festival Sound & Image de 2019 e “The Lighthouse” de Jay Pui Weng Lei, distinguido com o Prémio Macau Cultural Identity, na mesma edição do mesmo festival.

Até ao próximo sábado trabalhos de Atsushi Kuwayama, de Mário Veloso, de José Filipe Costa, de Sara CF de Gouveia, de Nevena Desivojevic e de Filipe Oliveira vão passar pelo principal auditório do Consulado-geral de Portugal em Macau e Hong Kong.

O encerramento cabe ao documentário sobre Zé Pedro, “o lendário guitarrista dos Xutos e Pontapés, como a maior figura do rock’n’roll português”. O filme é realizado por Diogo Varela Silva.

A extensão a Macau do Doclisboa é uma iniciativa do IPOR e conta com o apoio do Instituto Cultural e a colaboração da APORDOC. O certame tem como objetivo proporcionar ao público um conhecimento sobre as propostas e as linguagens que marcam o cinema documental contemporâneo, em Portugal e em Macau, colocando, deste modo, em diálogo expressões artísticas oriundas destes dois contextos, salienta o Instituto Português do Oriente no comunicado.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.